BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Destaques
Home » . » 10 Coisas que os brasileiros não devem fazer no Japão
brasil_japao

10 Coisas que os brasileiros não devem fazer no Japão

1. Abrir a porta para convidado conseguir sair de casa na hora de despedida.

Ao contrário do costume brasileiro, quem convidou seu amigo para sua casa não deve abrir a porta para o convidado conseguir sair de casa na hora de despedida. Porque esta gentileza dá impressão de que quem convidou queria que o convidado fosse embora o mais rápido possível. Portanto, o convidado precisará abrir a porta com sua própria mão na hora de ir embora. Assim ele foi embora com sua própria vontade.


2. Visitar a casa do amigo sem levar nenhum presente.
Quando visitar a casa de um amigo, é obrigado levar alguns presentinhos tais como doces, bolos, salgadinhos, nada coisa muita cara, como uma educação. Quando os dois são estudantes, não têm necessidade de fazer isso. Porém,quando os dois são adultos que já trabalham nas empresas, seria melhor levar alguns presentes.

E quem convidou precisará oferecer algumas comidas e bebidas tais como doces,bolos esalgadinos na sua casa,com o objetivo de agradar os convidados.Detalhe.Não pode oferecer aquele comida que o amigo trouxe como presente, o que é considerado como a falta de educação.

3. Falar “Tim Tim” na hora de brindar.
Como atriz brasileira já comentou sobre isso no programa do Jô Soares, se não me engano, “Tim Tim” é aquela coisa de homem. Portanto, não deve dizer isso em nenhum momento lá no Japão. Em vez disso, o que é certo para dizer no momento é “Kanpai”(Saúde) em japonês.
4. Perguntar a idade para mulheres que parecem ter mais de 25 anos
Acho que esta regra é universal. Porém, vou colocar aqui como uma etiqueta que tem que ser cumprida.


5. Perguntar se tem namorado ou não 
Há muitos brasileiros que perguntam se tem namorada ou namorado já no primeiro encontro. Porém, isso é considerado como falta de educação lá no Japão. Aliás,os japoneses têm tendência de esconder a existência do seu companheiro o máximo possível.

6. Perguntar sobre quanto a pessoa ganha.
Eu pensava que esta regra também era universal. Porém, eu já me encontrei com vários brasileiros que perguntaram a respeito disso. É melhor não perguntar sobre isso para os japoneses.


7. Abrir presente na hora de recebê-lo sem que seu amigo não autorize.
Aqui no Brasil, normalmente quem recebeu presente abri o presente na frente da pessoa que deu, diferente do costume no Japão. Depois precisará agradecer pelo ato bem como aqui no Brasil.No Japão quem recebeu presente guarda o presente em algum lugar e difícilmente abrí-lo na hora para saber o que está dentro, o que é considerado como a falta de educação.

Aliás, quem recebeu o presente precisará dar presente de volta nas outras ocasiões.

8. Elogiar seu (sua) namorado(a),esposo(a) e sua família para seus amigos.
Pela tradição japonesa, as pessoas não devem valorizar e elogiar seus companheiros tais como namorado(a),esposo(a). Este atitude é considerado como uma atitude exibida. No Japão, as pessoas precisam ser humildes.Ou seja, se você quiser fazer amigos em vez de inimigos, seria melhor apenas apresentar seu companheiro para os amigos.

9. Recusar bebida dada pelo superior na festa
Se quiser promoção na empresa onde você trabalha, seria melhor não recusar bebida oferecida pelo chefe ou pessoa de cargo superior. Caso ele seja pessoa chata, ficaria difícil de conseguir promoção posteriormente.


10. Dar dinheiro cujo número é par no casamento.
Os japoneses têm costume de dar dinheiro em várias ocasiões tais como casamento, funeral, nascimento de filho e ingresso de filho na escola primária,etc.O número par pode ser “dividido(separado)”. Ou seja, esse número lembraria “separação”, o que não é adequado para festa de casamento.

Portanto,quando um convidado oferecer dinheiro para casal no casamento, a quantia de dinheiro tem que ser número impar tais como 10000 iens,30000 iens e 50000 iens.

 George Kittle Authentic Jersey

O que achou? Deixe seu Comentário.

comentário(s)

Posts Relacionados

Veja mais em outros

About henrique

Veja Esse

f

Imagens que você vai tentar entender como, mas não vai conseguir!

Muitas vezes o ser humano é capaz de fazer coisas incríveis. Mas nada supera o ...

23 comments

  1. mas todas as quantias que você citou são pares…não entendi o final

  2. número impar tais como 10000 iens,30000 iens e 50000 iens.

    Precisa voltar pra escola…

  3. Uai, também não entendi.

    10.000, 30.000 e 50.000 são todos pares. Todos são “divisíveis por dois” conforme citado.

    Se fossem ímpares, seriam 10.001, 30.007, 50.003 e assim por diante.

  4. Queria muito conhecer o Japão. Os caras conseguem ser uma potência estando confinados naquelas ‘pequenas’ ilhas e com tantas catástrofes. Eles são demais e educação é realmente importante.

  5. Pelo o que eu entendi é o seguinte: Não pode ter nenhum número par.
    Ex: Não pode ser 2.000, pois 2 é par.
    Pode ser 3.000, pois 3 é impar.
    Entenderam?

  6. Também não entendi, os valores citados são pares sim, porque a divisão é exata, devem ter confundido o primeiro numero de cada valor, o “1”, “3” e “5”. E não levaram em consideração que somente zeros a esquerda não tem nenhum valor.

  7. como é no japao.. acho qe ta falando do 1º numero..

  8. TODO NUMERO CUJO ULTIMO ALGARISMO É PAR, É PAR!

    Ou seja: Números terminados com 0,2,4,6,8 são SEMPRE pares!

  9. nada a ver,morei no japao e fazia quase tudo isso ae de boa …

  10. Acredito que oq está acontecendo quanto a polêmica do par/impar é só um mal entendido.
    De certo ele quis dizer 1,3 e 5 iens. Pode ter ocorrido algum problema na hora do bolg computar os inteiros e ter deixado ele com os vários zeros. Isso já aconteceu em um site que eu fiz.

  11. e nunca mas nunca passe a mão na bunda de um japonês….

  12. números pares no começo meus caros 1,3,5….. sacaram a lógica?
    Até pq um detalhe a mais: o número 4 é um número de azar por lá, pq ele escrito em japonês é “Shi” e por lá “Shi” tbm é a mesma palavra (mas não o mesmo kanji) para morte, existem prédios no Japão que o quarto andar nem ao menos é utilizado por conta disso, então não é difícil encontrar edifício de 6 andares onde 5 andares estão ocupados e um andar (o quarto andar) está vazio, o número 4 lá é mais pronunciado como “yon” do que como “shi”.
    Quem terminou o dever já pode sair pro recreio

  13. Eu vim ler os comentários só pra ver os haters fazendo questão por causa dos 10000, 30000, 50000 e derivados. Sério que não deu pra perceber que ela só estava falando do primeiro algarismo dos números? Até por que creio que não japão não existe isso de ¥30001, eles usam sempre números redondos. Ok faltou a informação, mas a dedução ai tava na cara, não tem a necessidade de voltarem ao jardim de infância pra ficar um xingando o outro.

  14. vou explicar. o número de notas, deve ser ímpar. não se pode dar 2, 4, 6 … notas de mil, por exemplo. fácil.

  15. eles utilizam a combinaçao de numerais 1,2,3 junto com kanjis que representam milhar,bilhar,etc emquanto nos escrevemos 100.0000.000 os japoneses podem escrever tudo com apenas 2 caracteres

  16. Todo número com mais de um digito com o ultimo algarismo é par (divisível por 2 (dois) ) e zero é par, pois para um número ser par, é necessário que os 2 “lados” estejam iguais, se você tiver ZERO balas, ngm terá bala, o que o torna um número par, por tanto, todos os números citados são PARES!

  17. Acabei de crer que nasci no país errado…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *