BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Destaques
Home » . » Como seria o mundo sem religião?
mundo sem religião

Como seria o mundo sem religião?

Elas foram feitas sob uma perspectiva de tentar entender o lado sobrenatural/divino do mundo. Mas o que seria do mundo sem a religião? É muito importante não confundir ausência de religião com ateísmo, há diversas pessoas que não possuem uma, mas que acreditam em Deus fielmente. A religião trouxe inúmeros benefícios – bem como atrocidades – ao mundo inteiro, e muitas possuem vários pontos em comum.

Para começar, por causa de grande parte delas, já ocorreram diversos conflitos: na Idade Média, ocorreram as Cruzadas – para reafirmar a fé católica – bem como as Inquisições e perseguições feitas pela Igreja católica, já que, naquela época, o que ela não sabia explicar, ela classificava como heresia, e, por isso, grandes cientistas que poderiam ter feito grandes avanços foram perseguidos e mortos antes de concluir seus estudos, por outro lado, foi graças a religião que a Europa é o que é hoje.

Há também as guerras motivadas pela fé islâmica, que serviu como motivo de união para o povo7AC53árabe – aliás, não somente para ele, mas também para todos os outros povos com religiões – mas é graças a ele, também, que o norte da África, assim como o Oriente Médio, possui a configuração atual; além de muitas outras. Ainda hoje, há aquelas religiões que motivam conflitos, mas que também unem etnias sob um ideal comum.

Para muitos a religião é fundamental, vai além da fé que se tem por um Deus. Mas como disse John Lennon em uma de suas músicas, será que se o mundo não tivesse religiões viveríamos em um lugar melhor?

Como relembramos no início do texto, grandes conflitos foram criados devido as religiões. Por causa delas, temos ataques suicidas, terroristas, guerras no Oriente Médio e muito mais. Não podemos negar que muitas pessoas fazem atrocidades usando o nome de Deus, como as Cruzadas, que deixou rastros de sangue por quase dois séculos. Temos milhares de exemplos que a religião não apenas salva, mas também mata.

Por mais que cada religião tenha sua norma, é possível que cada pessoa faça uma interpretação diferente a seu respeito. Logo, pode ser usada para apoiar movimentos de paz e de guerra. A religião é um instrumento que depende de quem o usa, até porque cada pessoa é única, tem planos, objetivos, ideais e interpretações diferentes.

Censo-Menos-católicos-e-mais-pessoas-sem-religião-no-Brasil

Outro ponto polêmico das religiões é a barreira que cria aos avanços tecnológicos. Muitas pessoas acreditam que a medicina e a ciência estariam bem mais avançadas sem suas influencias. Esse tema já até foi incluído em uma novela famosa: O Clone. Lá as questões religiosas foram abordadas de forma exemplar. Até que ponto seria ético criar um clone humano? Quais seriam os benefícios?

O fato é que a sociedade aderiu aos mitos e crenças da religião desde sua existência. Então, se a considerarmos como pregadora de moral seria muito difícil falar em um mundo sem ela.  Sem contar caminho-da-salvac3a7c3a3oque extingui-la poderia causar um anarquismo global, já que muitas pessoas que seguem essas doutrinas, estariam “desamparadas”.

Do meu ponto de vista, o mundo não estaria muito diferente do que é hoje se não tivéssemos as religiões. Acredito que encontraríamos outros motivos para guerrilhar. O homem, como qualquer outra espécie, mata e pratica diversas maldades, o que nos coloca limites e faz com que não cometamos tantas atrocidades são as leis, a moral e a ética que nos é imposta. Lembrando que a igreja tem seu importante papel nessa formação. Por outro lado, a mesma religião que prega amar o próximo, e que fala que somos todos igual perante Deus, acaba fazendo diferente na prática, ou você nunca percebeu que, de certa forma, a religião nos discrimina? Ela nos impõe uma moral fragmentada, muitas até dizem ter um Deus melhor que o dos demais.

A religião tem seus benefícios, não estamos aqui para julga-la, apenas queremos pensar como seria o mundo sem ela. E você, consegue imaginar? O que seria diferente se não tivéssemos religiões? Como seria o ser humano e as relações em sociedade?

Como disse Rubem Alves:

“Deus dá nostalgia pelo voo.
As religiões constroem gaiolas.
Quando o voo se transforma em gaiolas, isso é idolatria”.

Até que ponto a religião é saudável?

Aqui   ó:Minilua

O que achou? Deixe seu Comentário.

comentário(s)

Posts Relacionados

Veja mais em outros

About henrique

Veja Esse

f

Imagens que você vai tentar entender como, mas não vai conseguir!

Muitas vezes o ser humano é capaz de fazer coisas incríveis. Mas nada supera o ...

32 comments

  1. Acho que a partir do dia que não existir Igrejas e nem religiões, o mundo se tornara sim um mundo melhor, pelo simples fato de não ter que brigar por qual está certo já é muita coisa… Eu por exemplo… Não acredito nas religiões, mais tenho fé em Deus… O que me evita muita coisa quando alguém em um jantar de “família” por exemplo começa a falar do mesmo.

  2. Para mim seria bem mais melhor,quem tem religião são manipulados em tudo.

  3. ”Bem mais melhor” hahaha eu ri disso.
    As pessoas usam a religião par viver num mundo de ilusões, se não fosse pela religião o mundo seria muito mais avançado cientificamente, quem sabe até ja teria a cura do cancer e aids. Mas fazer o que né…

  4. Seria ótimo em todos os sentidos, guerras são feitas em nome da religião mais do que qualquer coisa.

  5. Simples, sem religião, barbarismo!

  6. seria um inferno, mais drogados, mais prostitas , mais familias arrazadas , mtas separaçoes e tdudo de ruin q o ser humano tem tendencia a fazer… logico q religiao nao faz nada mas sim o unico rei e salvador Jesus!!

  7. Seria um mundo PERFEITO.

    Seria um mundo sem IGNORÂNCIA.

    Seria um mundo PENSATIVO.

    Seria o verdadeiro PARAÍSO.

    É simplesmente inaceitável por pessoas de bom senso que conseguem ao menos construir um raciocíno lógico completo continuar acreditando em deuses e demônios.

    Não consigo entender como o ser-humano ainda crê em estórias criadas na antiguidade para tentar explicar os fenômenos naturais que até então não tinham explicação.

    Mas isso é natural, esse mundo de ignorantes, pois tudo se nivela por baixo. Sempre pelo pior.

    Estamos nivelados pelos apedeutas.

    • De “humilde”, somente o pseudônimo….

      Deus não se limita a explicar aquilo que não entendemos, na nossa humilde ignorância.

      Para quem prefere aceitar que algo, alguém ou alguma coisa tenha iniciado esse local que denominamos “universo”, tenha o nome que tiver, estará acreditando na “causa primeira” da existência!

      Realmente, pessoas como você são niveladas por baixo: não conseguem negar – nem afirmar – a existência de um Ser Supremo, e então se contentam em desacreditá-lo!

      Se a sua for a verdade definitiva, porquê será que ela não convence aos demais “crentes”???

      • Blá blá blá blá blá!
        O sr. sabichão acaba de entrar em contradição! Na minha humilde ignorância, não sei como iniciou esse local que denominamos “universo”. Não venha com essa falácia de verdade definitiva. A verdade é que o ateu não acredita em deus e o crente acredita. Quem tem que convencer alguém sobre alguma coisa são vocês, já que são os crentes que acreditam que deus existe, eu não acredito, não tenho que provar algo que acredito que não existe. Raciocínio lógico: não se prova o inexistente!

  8. apesar de somente acreditar em Deus eu acho que a religião só distancia dele um mundo sem religião existiria mais drogados, a putaria comia solta, não se teria a noção do certo errado, cada um faz sexo com quiser mas nao adianta falar que o homossexual e normal nos veríamos crianças se beijando entre elas por que era “futurista” e ate mesmo meninos se vestindo de mulher por que e superior fazer isso

  9. Lembrando Millor Fernandes, “Quando o primeiro espertalhão encontrou o primeiro imbecil, nasceu o primeiro deus.”
    Se você rezar por chuva por bastante tempo, ela eventualmente cai.
    Se você rezar para que enxurradas se acalmem, elas eventualmente o farão.
    Acreditem ou não, o mesmo acontece na ausência de preces.
    É melhor ler a previsão do tempo antes de rezar por chuva.

    • Roberto, acreditar – e aceitar – ou não a Deus é uma questão puramente pessoal! Rotular pessoas de “espertalhão” ou “imbecil” por conta disso é ignorância sua e do suposto autor da frase infeliz!

      Pois se os ateus realmente acreditassem na não existência de Deus, não perderiam tanto tempo tentando negá-lo!

  10. Em poucas palavras: o mundo sem religiões seria muitíssimo melhor! A crença em Deus não depende – nem está atrelada – a nenhuma religião.

    E o número crescente delas demonstra que nenhuma está com a verdade… pois se alguma estivesse, todos passariam a crer nessa e as outras deixariam de existir!!!!

    • John Doe… você está bem errado na sua opinião à respeito do ateísmo, à respeito da religião e à respeito do Millor!

      Primeiramente, o ser humano é manipulador.
      Nós criamos o Papai Noel, criamos o Coelho da Páscoa, criamos o Bicho Papão, a Fada dos Dentes, etc… com a intenção de manipular aqueles que não entendem muita coisa, certo?

      Você até pode ter a sua crença e eu considero ela válida, mas você pode ter certeza que muitos deuses foram criados por humanos com más intenções. Negar isso é imbecilidade.

      Os ateus perdem seus tempos pois a ignorância é algo que comove as pessoas. Se eu ficasse falando pra você a vida inteira “1+1=3” e você soubesse que é 2, você ficaria puto uma hora ou outra.

      No seu ponto de vista, se os crentes realmente acreditassemna existência de Deus, não perderiam tempo com ateus, pois sabem que o sofrimento deles será eterno após a morte.

      Você é monoteísta, cristão provavelmente.. extremamente influenciado por uma religião. Aposto que acredita no deus da bíblia, não é verdade?
      A crença em deuses pode não estar ligada à religiões, mas religiões estão ligadas aos deuses.

      Mas você está certo em um ponto.

      Nenhuma carrega a verdade.

    • “- Porque todo mundo tem uma religião. Todos nós temos alguma espécie de crença a respeito da origem, da natureza e da finalidade do universo. Nossa religião é simplesmente nosso mapa, nosso paradigma, as crenças com que respondemos às difíceis questões existenciais.(…)Até os ateus são pessoas religiosas, porque eles também tem respostas para essas perguntas.” (O monge e o executivo)
      Lendo isso aqui no blog lembrei desse trechinho haha. Bem, eu penso que o mundo nunca ficaria “liberto” de religião. Mas o mundo seria bem melhor se todas pessoas tivessem liberdade de escolher no que elas querem acreditar. Se elas parassem para pensar, se não houvesse tanta alienação e também ao invez de tentar impor suas crenças sobre as dos outros, que as pessoas tivessem um objetivo comum de respeitar e fazer o bem.

  11. “O homem, como qualquer outra espécie, mata e pratica diversas maldades.”

    Não da pra concordar com isso, essa frase foi um grande equivoco, as outras especies de animais ate podem matar para se defender, alimentar ou proteger territorio mas mas nunca por maldade e prazer como o ser humano!

  12. Apoio a religião como uma ferramenta psicologica e de ordem social, psicologica por que eh otimo se sentir protegido por algo superior a nos mesmos nos traz força (mesmo que tudo seja apenas uma mentirinha bem contada) e de ordem social pois tenta por meio de sua força distribuir certa ordem a sociedade que a segue (se eu fazer o bem vou para o ceu se fazer o mal vou para o inferno) eh simples assim nao ah nada e divino em uma religiao sao apenas surperstiçoes como dizia chaplin
    “Por simples bom senso, não acredito em Deus; em nenhum”

  13. É muito fácil por a culpa dos males do mundo na religião, quando o verdadeiro mal está no amago do ser humano.
    Mesmo que não existisse religião os seres humanos iriam arrumar outro motivo para matar uns aos outros.

    Só acho engraçado essa nova modinha de pivetes que vivem de internet e por revoltinha por mamãe obrigar a ir assistir missa/culto etc, e se auto proclamam ateus. Só uma dica para vocês, ser ateu é não crer, mas não desrespeitar as crenças dos outros, o que é fundamental, pois de outra forma, vocês se tornam só mais uns fundamentalistas ignorantes.

  14. Motoristas param na faixa porque querem ceder passagem aos pedestres, outros por medo da multa e dos pontos na carteira (ou ainda porque veem os demais também pararem). Aos últimos a religião, como a lei, é importante para que vivam em sociedade.

    Também serve a religião aos que querem respostas que possam compreender.

    Ou seja: é muito útil, mas não imprescindível.

    Para mim, surpreende que a sociedade normalmente dê mais prestígio a quem acredita nas palavras da Bíblia (ou Torá, Alcorão etc.) do que a algum ateu que efetivamente dedique sua vida a fazer o bem ao próximo.

  15. Ótimo post!
    O grande problema da religião, na minha opinião, é o que o homem fez com ela. Aliás, ela foi criada por nós.
    A realidade é que enquanto Cristo liberta, a religião aprisiona.

  16. Um cristão sensato que segue somente a Jesus, não possui religião. Jesus mesmo condenava essa prática.
    Exemplo: Jesus parecia um mendigo ou um hippie que falava “loucuras” em público e por isso foi crucificado.
    O povo que diz seguí-lo tem nojo de hippies e só se vestem com terno, gravata e cabelos bem cortados.
    Acho q Jesus era cabeludo, fedido e usava sandálias.

    Essa é a religião que poderíamos jogar no lixo.
    Ame os outros como Jesus nos amou, tudo é muito simples… o que for mais complexo é do malígno!

  17. acredito q todas as religioes nasceram de “fofocas dos mais velhos contada aos mais novos” um exemplo, se vc foi uma criança q so apanhava na escola, roubavam seus lanches mas mesmo assim as vzs vc se dava bem tirava umas notas boas, as gatinhas piscavam p vc e etc, vc vai contar aos seus filho uq? so as partes boas, É CLARO. e dai pra frente de geraçoes a gerações

    AO MESMO ACONTECE C A HISTORIA DE JESUS, o cara naum tem uma bola fora, so coisas boas, dai q vem minha duvida, todo revolucionario ou governante ou sei la mais uq ja deu um passo pra traz, naum q eu duvide de alguma existencia (um deus), mas eu naum acredito no disse e me disse, eu acredito nas evidencias!

    um exemplo:
    turista: bom dia onde eu posso pegar a rua X1?
    desconhecido: pergunta os caras das bancas de jornal, eles sabem de tudo!
    turista pergunta ao carinha da banca, afinal ele “sabe de tudo”…

    turista: por favor onde fica a rua x1?
    carinha da banca: ( pensando: vo fuder esse turista babaca)ta vendo akela rua ali? entaum…segue ela ate e final e ta la (haha…na contra-mao)

    se o turista for bobo vai acreditar e confiar no “cara que sabe tudo” e se for inteligente vai questionar e perguntar outras pessoas, p ver se o “cara que sabe tudo” sabe mesmo!

    se um juiz trabalha c evidencias pq nós naum????

    acho q deu p entender onde quero chegar…

  18. pros ateus quando vocês estiveram queimando no inferno espero que se arrependam ‘-‘

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *